10 julho, 2017

Final Masterchef Celebridades | FORA DO TACHO #2




 Depois de 8 semanas de competição e 11 concorrentes depois, eis que chegamos ás últimas provas do programa.
 Acompanhei o programa desde início e elegi desde logo os meus dois preferidos à vitória: A Sara Prata e o Pedro Górgia.
 Ás provas finais chegaram 4 concorrentes muito fortes: A Sara, a Naide, a Vanda e o Afonso.  A primeira fase de provas, feitas no cruzeiro, ditou a passagem do Afonso diretamente para a final depois de um trabalho fenomenal a fazer o ''Risoto com espumante e queijo scamoza fumado''.
 A segunda parte de provas tinha a prémio o segundo lugar para a final que a Sara, Vanda e Naide iriam disputar.
 O chef Hugo surge então com um prato de pescada com limão e amêndoas, que à primeira vista parece super fácil de fazer, que as concorrentes teriam de replicar exatamente como o chef.
 Quem passou para o duelo final foi a Sara.


Duelo final:
 Dois concorrentes muito fortes estavam agora a cozinhar pelo lugar de '' Masterchef celebridade de Portugal'', a Sara e o Afonso.
 Confesso que a forma como o Afonso trabalhava e apresentava os seus pratos não me agradava nada, mas devo dizer que nesta série de provas do duelo final acabei bastante surpreendido.
 Em relação à Sara, sempre gostei da forma descontraída e organizada como trabalhava. Mostrava cuidado e um gostinho muito evidente naquilo que cozinhava.

As entradas:
 Devo dizer que as duas me deixaram com bastante curiosidade pois já conhecia a canina, mas queria ver  a forma como seria apresentada, e porque tinha algumas dúvidas em relação aos pasteis do Afonso. ( Devo dizer que me surpreendi com os pasteis do Afonso.)
 De facto, a ausência de tempero na entrada da Sara retirou-lhe uns pontos para o prémio, no entanto
 o Afonso saiu-se bem mas tinha alguma ''falta de trabalho'' na apresentação da entrada.

O prato principal:
A aposta do Afonso cativou-me: Borrego! ( Gosto muito de borrego, diga-se de passagem! )
A aposta da Sara não me deixou com água na boca, já que choco é uma das coisas que eu não gosto muito.
 Ambos desempenharam um trabalho excelente, o Afonso estava muito seguro de si, sabia o que estava a fazer com o borrego e notava-se que o resultado final seria satisfatório, a Sara estava tranquila de início já que tinha uma ideia bem elaborada daquilo que queria fazer, mas a falta de fígados para fazer o molho, acabou por deitar por terra uma parte da ideia inicial. 
  Um chef tem sempre uma forma de dar a volta por cima de qualquer obstáculo! Foi o que a Sara fez:  Manteve-se calma e prosseguiu o trabalho, mas sempre a tentar arranjar-se com o molho de fígados (no fim o molho revelou-se pouco).
 Vários elogios foram feitos a ambos os pratos, desde as quantidades até à apresentação. 
 A Sara recebeu inúmeros elogios à forma como o o choco e o salmonete estavam feitos, um reparo em relação ao arroz. ( '' Um prato de final'',  Chef Rui Paula.)
 Ao Afonso, fora-lhe elogiado o prato na totalidade: A forma como cozinhou a carne e a forma como as chips estavam confeccionadas.
   Apercebi-me que o Afonso estava mais perto do prémio do que a Sara.

Sobremesas: ( Finalmente! )
 Duas apostas fortes e muito trabalhosas: De um lado, um pão de ló com uma redução de vinho do Porto e doce de ovos, do outro uma Inté.
 O Afonso desde logo que deixou evidente o seu pouco à vontade com a parte das sobremesas... Era a altura ideal da Sara recuperar alguma distância ao prémio.
 Surpreendentemente, o Afonso manteve-se sempre calmo e fiel à ideia inicial. Terminou com tempo suficiente para tratar da apresentação.
 A Sara estava segura; Estava à vontade com as sobremesas. Tudo corria bem até que reparou que o forno estava a uma temperatura inferior àquela que precisava, o que lhe podia causar problemas na parte final. Tudo acabou da melhor forma.
 O Afonso foi muito elogiado. Apresentou uma sobremesa divinal.
 A Sara também foi muito elogiada embora tenho tido alguns ponto apontados à tapioca.

                     Veredicto: Afonso vencedor do primeiro Masterchef Portugal.

Opinião: Embora na final estivesse a Sara, que desde início fora uma das minhas eleitas à vitória, tenho de elogiar a prestação fantástica do Afonso. 
  Como tinha dito, nunca gostei da forma como o Afonso trabalhava mas nesta final foi sem dúvida uma enorme surpresa. As técnicas e o cuidado que estavam presentes em cada praro elaborado, deram-lhe um merecido 1º lugar.  
 Como disse o Chef Rui Paula: '' Hoje foste o verdadeiro Boss! ''
  A Sara fez um percurso notável e muito positivo. Mostrou garra e uma vontade de aprender mais sobre a cozinha, parabéns para ela também!

E vocês? O que acharam?

4 comentários:

  1. Nós achámos que ele foi levado ao colo. Onde se admite um arroz cru numa semi-final?! Só mesmo aqui. Não gostámos nunca da prestação do Afonso. Poderíamos dar detalhes de cada episódio, mas resumimos referindo que ele sempre se achou mais que os outros. Num programa destes, se quer ajudar, ajuda, mas não se faz de coitado. Mas pior que ele ainda foi a MRP que foi a mais irritante personagem. Esta é a nossa opinião e achámos que quem deveria vencer era a Sara, desde o início.
    Seguimos todos os episódios de perto, mas ainda bem que não vimos o último. Achámos injusto. Mas ainda bem que gostaste! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Muito obrigado pelo vosso comentário. No post eu disse que a Sara sempre foi uma das minhas favoritas à vitória. Existiram muitos pontos negativos ao longo do programa em relação ao Afonso, verdade. A Sara era uma pessoa que mostrava um à vontade em quase tudo e revelava um espírito de querer saber mais e mais contagiante. Se merecia ganhar? Merecia e muito.. mas a verdade é que ao olhos dos jurados não mereceu. De qualquer das formas, a forma como ela cozinhava deixou-me encantado! eheh

      Eliminar
  2. Acompanhei o programa desde início, mas concordo que a Sara era a merecedora vencedora, mas tiro o chapéu ao Afonso na final, aquela técnica de empratamento estava maravilhosa mesmo!

    Beijinho,
    A Namastê | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi impecável mesmo!
      Gostei muito do teu blog! Segui!!

      Eliminar